Envios GRÁTIS em encomendas superiores a 75€
  • 0
Envios GRÁTIS em encomendas superiores a 75€

Incontinência: quando começar a usar fraldas?

O processo de envelhecer é sempre bastante delicado; por vezes, até um pouco difícil.

À medida a que você, os seus pais ou os seus avós vão envelhecendo, muitas das tarefas que outrora pareciam simples, podem começar a complicar-se – e enquanto se tenta manter a qualidade de vida, tenta-se ao mesmo tempo manter a dignidade pessoal.

Uma das principais dificuldades nesta fase da vida prende-se com a incontinência urinária e, muitas vezes, intestinal.

A incapacidade de controlar a bexiga ou os movimentos intestinais pode, efetivamente, comprometer a dignidade da pessoa afetada. Só o facto de aceitar que se padece desta patologia é difícil, pois trata-se de um tema extremamente íntimo.

Mas saiba que, mesmo que sofra de incontinência, o problema pode ser encarado de forma efetiva e digna.

Fatores que podem provocar incontinência

A perda de controlo na bexiga é extremamente comum – mais do que aquilo que pensa! – e acomete principalmente as mulheres.

Algumas das causas que podem levar à incontinência feminina são:

  • gravidez
  • parto
  • menopausa

Nos mais velhos, a razão mais comum para perdas de urina é o enfraquecimento dos músculos pélvicos. Tal ocorre naturalmente, quer no homem quer na mulher e à medida a que vão envelhecendo, e simplesmente significa que será cada vez mais difícil controlar a bexiga.

Muitas pessoas idosas experienciam esta perda de urina, mas saber o que fazer e como resolver o problema pode ser confuso e, não raras vezes, motivo de vergonha.

Quando é a altura certa para começar a usar fraldas?

As fraldas para adultos são uma ótima solução para muitas das pessoas afetadas pela incontinência. No entanto, há alguns pontos a ter em conta quando chega a esta etapa.

Se você ou alguém que tem a seu cuidado procura produtos para incontinência como fraldas, fraldas cueca ou até pensos e resguardos, deve primeiro perceber quais as reais necessidades.

Por exemplo: as pessoas mais jovens e com perdas ligeiras de urina, ou as mulheres no pós-parto, deverão precisar de uma solução mais fina e sem tanta absorção. Um penso pode ser suficiente – quer para as perdas acidentais quando se ri, quer para as perdas de sangue após o nascimento de um bebé.

Para as pessoas mais velhas, com incontinência persistente, pode ser necessário uma fralda com grande capacidade de absorção. Experimente vários modelos e marcas até encontrar o ideal – mas, até lá, pode sempre falar com a nossa equipa para ajudar a chegar à melhor opção tendo em conta a idade e o estado geral do utilizador.

Fale sempre com o seu médico assistente sobre eventuais tratamentos e exercícios para reforçar o pavimento pélvico (muito importante sobretudo para as mulheres grávidas).

O receio do odor ou do desconforto vai passar depois de encontrar o modelo certo! É que a incontinência traz também outros problemas psicológicos: medo de sair de casa, tentar estar sempre perto de uma casa de banho, usar apenas roupas que disfarcem manchas e perdas indesejadas.

O importante é também conversar muito. Falar com a pessoa que vai começar a usar estes dispositivos e descomplicar a situação!

Começar a usar as fraldas para adultos

Chegados a este ponto, sabemos bem que a incapacidade de controlar a urina ou as fezes é algo que causa embaraço; há até mesmo muitas pessoas sensíveis à palavra “fralda” pela sua associação imediata aos bebés e à perda de independência. Se for esse o caso, pode optar por falar desta questão com outros termos, para que a pessoa não se sinta tão pressionada.

Pode usar expressões como:

  1. Conforto – usar uma fralda ajuda a minimizar o desconforto sentido quando há uma perda de urina e evita sujar a roupa.
  2. Menos stress – o facto de saber que as calças e cuecas não vão ficar sujas e que se está a usar um produto impercetível, reduz a ansiedade do utilizador. Ao mesmo tempo, também não é preciso ter medo de sair de casa e ficar embaraçado ou embaraçada.
  3. Estilo – Muitos dos modelos de fraldas e pensos para adultos são finos e absorventes, pelo que se tornam muito discretos.
  4. Conveniência – os modelos atuais são muito simples e práticos de usar, como as fraldas cueca.

Quando falar com o nosso apoio ao cliente para determinar qual a melhor opção, tenha presente o seguinte:

  • Medidas da pessoa que vai usar os absorventes;
  • Saiba se quer um produto que exija alta ou baixa absorção, dependendo claro, do motivo pelo qual se opta por estes produtos conforme já referimos atrás;
  • Pode ser necessário experimentar várias opções até encontrar a resposta ideal;
  • Comprar online é rápido e prático, não exigindo sequer uma deslocação à loja.

A perda gradual de independência que normalmente acompanha a necessidade de usar fraldas é talvez o principal fator de nervosismo nos utilizadores destes produtos. Fale sempre com o médico ou até um psicólogo para minimizar estes problemas!

E não se esqueça: este não tem de ser um processo difícil ou doloroso! A Sensicare está aqui para ajudar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *